Área do participante
recuperar senha Voltar

Excursões


Excursões Científicas e Culturais (trabalhos de campo e visitas técnicas em afloramentos geológicos e sítios paleontológicos) oferecidas como atividades pré e pós-congresso (dias 19 e 20 e dias 26 e 27 de outubro)

Em todas as opções os pontos de saída e retorno das excursões será o campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia e todas as excursões partirão às 7h30.



1. A Bacia do Paraná no Triângulo Mineiro

Geologia: Formações Botucatu e Serra Geral.
Paleontologia: troncos permineralizados da Formação Botucatu. Saiba mais aqui.
Local: Arredores do campus Uberlândia do IFTM.
Duração: Um dia.
Data: 19 de outubro.

Custo: R$ 80,00. Inclui: Almoço no restaurante Recanto das Águas (self-service à vontade com sobremesa. Bebidas à parte) + passeio de barco na represa Capim Branco.
Organizadores: Bióloga Especialista Ana Clara Santos Riff (IFTM), Doutora Etiene Fabbrin Pires (UFT) e Doutor Heitor Sayeg (UFU);

 

Formação Serra Geral cortada pela Ferrovia Centro-Atlântica. Cercanias do IFTM, campus Uberlândia


2. Riquezas Espeleológicas do Alto Paranaíba e Estromatólitos Associados

Geologia: Grupo Vazante.

Paleontologia: Estromatólitos.
Local: Gruta do Ronan e arredores, Coromandel.
Duração: Um dia.
Data: 26 de outubro.
Custo: R$ 70,00. Inclui almoço +
água e lanche de campo.

Destaques: No município de Coromandel-MG, o Grupo Alto Paranaíba de Espeleologia (GAPE) vem trabalhando na Gruta do Ronan I, cujo mapeamento ainda não está disponível na literatura. A área está inserida no Grupo Vazante, unidade associada à Faixa de Dobramentos Brasília, cuja história geotectônica remonta eventos de aglutinação crustal durante o Ciclo Brasiliano entre o Meso a Neoproterozoico, e que culminaram na formação do Supercontinente Gondwana, já no final do Ediacarano. Do ponto de vista espeleológico, as rochas carbonáticas do Grupo Vazante constituem um complexo sistema cárstico caracterizado por diversas feições representantes do endocarste (cavernas, grutas) e do exocarste (dolinas, sumidouros e nascentes cársticas). O ponto 1 da excursão incluirá visita na caverna para observaçõs de feições espeleológicas importantes e ocorrências de fósseis de estromatólitos colunares, possivelmente associados ao Grupo Vazante, que ocorrem em diversos pontos da gruta. O ponto 2 será realizado nas proximidades, em uma frente de lavra inativada, onde afloram pacotes de biohermas estromatolíticas que atingem 60m de espessura, possivelmente associadas aos níveis de ocorrência no interior da gruta. Devido à complexidade estrutural das unidades que compõem a Faixa Brasília, as ocorrências na gruta podem revelar informações adicionais sobre a correlação entre os níveis estromatolíticos, bem como a distribuição das biohermas e seu possível significado cronoestratigráfico em escala regional. Esta expedição representa o que há de mais novo nos estudos paleobiológicos do Pré-Cambriano da região.
Equipamentos e vestimentas: Roupa adequada para campo (e uma muda de roupa adicional), botas de campo, chapéu, protetor solar, luvas de proteção, lanterna de cabeça ou de
mão. Serão fornecidos capacetes de proteção.

Organizadora: Doutora Fernanda Quaglio (UNIFESP). Confira o roteiro de campo aqui!


3. Uberaba, Terra dos Dinossauros

Geologia: Formação Serra Geral (basaltos e arenitos intratrapianos), Formação Uberaba e membros Ponte Alta e Serra da Galga da Formação Marília.
Paleontologia: vertebrados e icnofósseis. Saiba mais aqui.
Local: Uberaba.
Duração: Dois dias.
Datas: 19 e 20 de outubro.
Custo:
Pacote 1: R$ 70,00. Inclui: 14 vagas (10 camas e 4 colchões) no CCCP/UFTM + café da manhã na Pousada Lago dos Dinossauros + almoço no restaurante Estação Peirópolis (self-service à vontade com sobremesa. Bebidas à parte) + lanche de campo e água. 
Pacote 2: R$ 120,00. Inclui hospedagem em quarto na Pousada Lago dos Dinossauro + café da manhã na Pousada Lago dos Dinossauros + almoço no restaurante Estação Peirópolis (self-service à vontade com sobremesa. Bebidas à parte) + lanche de campo e água. 
Destaques: A região do Triângulo Mineiro apresenta uma das mais ricas e diversas biotas do Cretáceo continental brasileiro. Iniciaremos esta excursão visitando o Museu dos Dinossauros, no Complexo Cultural e Científico de Peirópolis (CCCP), da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), onde os participantes conhecerão um pouco sobre os fósseis de Uberaba e de outras localidades do Triângulo Mineiro. Um local muito interessante localizado no bairro rural de
Ponte Alta, em Uberaba, é o Cachoeirão da Ponte Alta, uma queda d'água em um paredão de basaltos da Formação Serra Geral e intratraps de arenito eólico, um registro da abertura do Oceano Atlântico Sul. O Sítio Paleontológico de Peirópolis, reconhecido internacionalmente pelo seu conteúdo fossilífero, está a poucos quilômetros do CCCP/UFTM. Esta antiga caieira abandonada, ainda hoje é um dos principais sítios de coleta de fósseis na região. Outro interessante sítio está localizado no km 153 da BR-050, de onde foram coletados os fósseis de Uberabatitan ribeiroi, o maior dinossauro brasileiro. Uma peculiaridade de Uberaba é o fato de a cidade estar sobre rochas da Formação Uberaba, uma unidade que tem revelado um incrível registro de fósseis de vertebrados. Encontra-se no contexto do Cretáceo uberabense uma grande concentração de fósseis de vertebrados como dinossauros, crocodiliformes, tartarugas, peixes, moluscos, ostracodes e vegetais do Cretáceo Superior.
Organizador: Doutor Thiago Marinho (UFTM).

 


         Formação Marília, Membro Serra da Galga.                                                            Formação Marília, Membro Serra da Galga 
    Caieira ou 
"Ponto 1 de Price", Peirópolis, Uberaba.                                                                 Km 153
 da BR-050. Uberaba.                 


4. O Grupo Bauru no Oeste do Triângulo Mineiro
Geologia: Formação Adamantina e Membro Echaporã da Formação Marília.
Paleontologia: Vertebrados e icnofósseis.
Local: Prata, Campina Verde e Gurinhatã.
Duração: Dois dias.
Data: 26 e 27 de outubro.
Custo: R$ 80,00. Inclui: jantar + hospedagem + café da manhã em Gurinhatã (no Hotel Serve Bem) + água e lanche de campo.
Organizadores: Doutor Alessandro Batezelli (Unicamp) e Doutor Douglas Santos Riff (UFU).

Formação Adamantina em Prata (esquerda) e Gurinhatã (direita).
 

Formação Marília, Membro Echaporã. Campina Verde.


5. Do Proterozóico ao Quaternário de Sacramento e Araxá
Geologia: Grupo Canastra, Grupo Araxá, Grupo Ibiá, Formação Botucatu.
Paleontologia: Megafauna quaternária do Barreiro. Saiba mais aqui.
Local: Sacramento e Araxá.
Duração: Dois dias.
Data: 26 e 27 de outubro.
Custo: R$ 160,00. Inclui: Hospedagem e almoço em Araxá (acomodações a definir; almoço no Tauá Grande Hotel Termas de Araxá)
Organizadores: Bióloga Especialista Ana Clara Santos Riff (IFTM) e Doutora Dimila Mothé (UNIRIO).

Saiba mais sobre a megafauna de Araxá aqui e aqui.

5. Permiano de Santa Rosa do Viterbo (a confirmar)
Geologia: Formação Assistência do Sub-grupo Irati.
Paleontologia: Estromatólitos e mesossauros. Saiba mais aqui.
Local: Pedreira PH-7, Santa Rosa de Viterbo-SP.
Duração: Dois dias.
Data: 19 e 20 de outubro.
Custo: R$ 120,00. Inclui: Hospedagem e almoço em Santa Rosa do Viterbo (local a definir)
Organizadora: a definir