Área do participante
recuperar senha Voltar

Prêmio Josué Camargo Mendes

   
 
O professor Josué Camargo Mendes (terno claro) recebe das mãos do professor Antonio Carlos Rocha Campos uma placa de homenagem durante o VIII Congresso Brasileiro de Paleontologia, realizado na Academia Brasileira de Ciências entre os dias 3 e 8 de julho de 1983.


PRÊMIO JOSUÉ CAMARGO MENDES

O paleontólogo Josué Camargo Mendes fez sua carreira científica na Universidade de São Paulo (USP). Realizou pesquisas principalmente com invertebrados fósseis, e foi um dos paleontólogos que mais se empenharam no ensino da paleontologia no Brasil, publicando os primeiros livros didáticos na área, os quais contribuíram na formação de várias gerações de paleontólogos.
 
O livro Paleontologia Geral, de Josué Camargo Mendes, bem como outros títulos de sua autoria, lastrearam a formação da geração de paleontólogos brasileiros graduados entre as décadas de 70 e 90.
 
A Sociedade Brasileira de Paleontologia outorgará o prêmio Josué Camargo Mendes para estudantes que apresentaberem os melhores trabalhos no Congresso Brasileiro de Paleontologia, conferido em três categorias: graduação, mestrado e doutorado, segundo regras estabelecidas por comissão estabelecida para este fim.

A premiação de estudantes é um momento alto para qualquer sociedade científica, uma vez que eles são o futuro da organização. O prêmio Josué Camargo Mendes é concedido pela Sociedade Brasileira de Paleontologia a estudantes de graduação e pós-graduação por ocasião dos congressos brasileiros de paleontologia.
 
O prêmio Josué Camargo Mendes foi instituído no XVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, realizado na cidade de Crato (Ceará), em agosto de 1999. Após uma interrupção de 16 anos, o prêmio voltou a ser concedido em 2015, no XXIV Congresso Brasileiro de Paleontologia, novamente ocorrido na cidade de Crato.

NORMAS GERAIS
 
1) Somente podem concorrer estudantes que sejam associados a SBP;
2) O trabalho apresentado deverá conter o estudante como único autor. O(s) orientador(es)  deve(m) estar apenas indicados, tanto na inscrição quanto na apresentação;
3) Um estudante somente poderá concorrer em uma categoria, com a inscrição limitada a um trabalho;
4) Um estudante somente poderá ser premiado uma vez por categoria durante a sua formação;
5) A inscrição e a submissão do trabalho obedecerão às normas estipuladas pela comissão organizadora de cada congresso. Para o XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, vide normas aqui;
6) A premiação será estipulada pela Sociedade Brasileira de Paleontologia, em conjunto com a comissão organizadora de cada congresso;
7) A comissão avaliadora do prêmio, formada por pelo menos três membros, será indicada pela comissão organizadora de cada congresso. É vedada a participação de orientadores de estudantes concorrentes ao prêmio na comissão avaliadora.
8) A cerimônia de premiação será realizada durante a assembleia geral da SBP no respectivo congresso;
9) Casos omissos serão analisados pela comissão avaliadora e pela comissão organizadora do congresso.
 
Normas para a premiação na categoria graduação:

1) A apresentação deverá ser realizada no formato pôster, o qual será apresentado pelo estudante para a comissão avaliadora no momento determinado para esta sessão segundo a programação geral de cada congresso;
2) As dimensões do pôster devem obedecer às normas estabelecidas pela comissão organizadora de cada congresso. Para o XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, vide normas aqui;
3) Vencedores desta categoria em edições passadas não poderão concorrer novamente ao prêmio;
4)  O trabalho apresentado deve ser  inédito (não  publicado);
5) O trabalho será avaliado segundo os seguintes critérios: originalidade, conteúdo, apresentação gráfica e domínio do tema
 
Normas para a premiação nas categorias mestrado e doutorado (pós-graduação):

1) A apresentação deverá ser realizada no formato oral;
2) 
Deverá ser respeitado o tempo estipulado de apresentação, incluindo tempo destinado para perguntas, segundo a
s normas estipuladas pela comissão organizadora de cada congresso. Para o XXVI Congresso Brasileiro de Paleontologia, vide normas aqui;
3) Vencedores desta categoria em edições passadas não poderão concorrer novamente ao prêmio;
4) O trabalho apresentado deve ser inédito (não publicado);
5) O trabalho será avaliado segundo os seguintes critérios: originalidade, conteúdo, apresentação gráfica e domínio do tema.